ghiveministry
GHIVE - Padrão de Relacionamento Divino!

Generoso
Humilde
Intenso
Verdadeiro
Eterno

Generous
Humble
Intense
Veritable
Eternal

Generoso
Humilde
Intenso
Verdadero
Eterno

 

Declaração Doutrinal do Ghive Ministry

1. Cremos que a Bíblia é a Palavra inspirada por Deus e é nossa única regra de fé, doutrina e conduta (2 Ped. 1:21; 2 Tim. 3:16-17).

2. Cremos em um Deus trino, manifestado em três pessoas; o Pai, o Filho e o Espirito Santo; (2 Cor. 3:14; Mat. 3:16-17).

3. Cremos na Divindade de Jesus Cristo, seu nascimento virginal, sua morte redentora, sua ressurreição corporal, sua ascensão à destra de Deus Pai; (1 Tim. 3:16). Reconhecemos o Senhorio de Jesus Cristo sobre todas as coisas no céu, na terra e debaixo da terra; (Fil. 2:9-10).

4. Cremos que o homem foi criado em um estado de justiça  e santidade, e que caiu e vive em um estado de morte espiritual até que seja redimido, por meio da fé na graça de Deus e no sangue do Senhor Jesus Cristo; (Rom. 3:23-25; Efe. 2:1-2).

5. Cremos na incapacidade do homem para salvar-se a si mesmo, por meio de obras meritorias e religiosas; e que só  pode chegar a Deus, por meio de sua fé na graça de Deus, na obra perfeita e completa do nosso Senhor Jesus Cristo; (Efe. 2:8-9; Rom. 5:1-2).

6. Cremos no Batismo nas águas por imersão, como uma figura da morte e resurreição do cristão, e como uma manifestação de fé e obediência à ordenança do Senhor Jesus Cristo; (Mat. 28:19). Não cremos que o Batismo tenha algum poder salvador ou regenerador, senão como "a indagação de uma boa consciência para com Deus"; (1 Ped. 3:21; Rom. 6:3-4).

7. Cremos no Batismo no Espírito Santo como uma experiência posterior, separada da salvação, necessária para operar em uma vida de poder, manifestar os dons do Espírito e fazer as obras de Deus na terra (Luc. 3:16; Atos 1:8; Atos 2:4).

8. Cremos que a Igreja está composta por todos aqueles que invocam o nome do Senhor Jesus Cristo e vivem uma vida separada do pecado. A Igreja é um organismo espiritual instituído pelo próprio Jesus, e como tal, é seu representante na terra. Seus membros tem a sagrada responsabilidade de trabalhar, contribuir e orar para o seu contínuo crescimento. A igreja tem o divino direito de expulsar membros que se constituem em uma ameaça para a saúde da igreja. (Efe. 1:22,23; Atos 2:41,42; Mat. 16:18,19; Mat. 18:15-20).

9. Cremos na prática contínua da Santa Ceia, como um memorial da morte de Jesus e como uma experiência viva e atual com Jesus e com os membros da sua Igreja; (Mat. 26:26-29; 1 Cor. 11:23-34).

10. Cremos que a vontade de Deus é a santificação do cristão, como um produto da vida de Jesus nele, a autoridade da  Palavra e o poder do Espírito Santo; (Gal. 2:20; João. 17:17; 1 Cor. 6:11; 1 Tes. 5:23,24).

11. Cremos que para agradar a Deus e ser suas testemunhas na terra, o cristão nascido de novo deve viver uma vida de separação do mundo e suas práticas pecaminosas. Tudo o que tenha aparência de pecado deve ser evitado como um testemunho aos pecadores de que somos o povo escolhido de Deus. (1 Ped. 2:9; Mat. 5:16; 1 João 2:15-17; 2 Tim. 2:19-21; 1 Tes. 5:22; Sant. 4:4,5;). Portanto, não aceitamos que os ministros e membros da igreja sejam membros ativos de associações secretas, como a loja maçônica (Efesios 5:8-13).

12. Cremos que a vontade perfeita de Deus é a cura física de todos os cristãos e que se recebe por fé e pela imposição de mãos; (Isa. 53:4-5; 1 Ped. 2:24-25; Tiago 5:14-15).

13. Cremos que os cinco ministérios de Efesios 4:11, (Apóstolos, Profetas, Evangelistas, Pastores e Mestres) são básicos e fundamentais para o bom funcionamento e crescimento da Igreja do Senhor Jesus Cristo; (Efe. 2:20;1 Cor.12:28).

14. Cremos que a missão da Igreja é a evangelização local, nacional e internacional, de acordo ao mandamento do Senhor Jesus Cristo; (Mat. 28:19-20; Atos 1:8).

15. Cremos em adorar, louvar ao Senhor em espírito e em verdade, por meio das manifestações sugeridas e aprovadas pela Palavra de Deus; (João 4:23-24; Fil. 3:3; Sal. 150).

16. Cremos que a família é a base fundamental da sociedade e da Igreja; (Gen. 2:21-24; Efe. 5:21-33).

17. Cremos nas seguintes práticas baseadas na autoridade das Sagradas Escrituras:

A) Apresentação de crianças ao Senhor (não no batismo de bebês) como um ato de fé e pacto dos pais, e como uma identificação pública da criança com a igreja. (Mat. 19:13-14, 1 Cor.7:14);

B) Dízimos e ofertas como o único meio autorizado por Deus para sustentar sua obra. (Mal. 2:10, 2 Cor. 9:5-14);

C) O Pacto Matrimonial – Cremos na santidade do Matrimônio instituido por Deus para a preservação da raça humana. Quanto ao divórcio cremos que é tolerado por Deus desde o Antigo Testamento, mas não autorizado. Nós concordamos  com o ensinamento de Jesus de que a única razão legal para o divórcio é o adultério de um dos cônjuges. (Heb. 13:4, Efe. 5:25-33, 1 Cor. 7:1-5).

18. Cremos que os cristãos que são santificados no sangue de Jesus, ao morrer no Senhor vão imediatamente a um lugar no céu chamado Paraíso; mas os pecadores que morrem depois de haver rejeitado a Jesus Cristo como Senhor e Salvador vão a um lugar chamado Inferno, onde serão atormentados até o dia da segunda ressurreição para ir ao juízo final (Fil. 1:20-23; Rom. 14:7-9; Mat. 23:33; Apoc. 20:13).

19. Cremos na segunda vinda do nosso Senhor Jesus Cristo em forma corporal e visível, na resurreição dos mortos, no estabelecimento de seu reino milenar, no juízo final para todos os homens; e no novo céu e nova terra, onde moraremos eternamente com Deus. (1 Tes. 4:13-17; Atos 1:11; Apo. 21:1-4).

20. Reconhecemos que o governo humano é uma Instituição posta por Deus, para a preservação da ordem, paz, segurança e bem-estar e reconhecemos sem venerar, os símbolos pátrios do mesmo; (Rom. 13:1-6; 1 Ped. 2:13-14).

Español - English

 
 
Copyright © 2011 - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por